Carta aos pais da Educação Infantil, Ensino Fundamental I, II e Médio

Formiga, 16 de março de 2020.

Prezados Senhores Pais e ou responsáveis,

Em tempos incertos quanto à esta pandemia de Coronavírus, que assusta a todos nós, o Colégio Santa Teresinha, agindo com cautela e serenidade, convocou seu Comitê de Crise, órgão interno que sempre acionamos em momentos que demandam análises mais cautelosas de situações difíceis, decidiu-se por atender inicialmente aos protocolos e orientações de Orgãos Oficiais quanto às primeiras medidas de prevenção, quais sejam: orientar todos os seus alunos e equipe administrativa e professores sobre os cuidados de higiene pessoal e coletiva a serem preconizados e seguidos por todos, disponibilizar sabão líquido, álcool gel, toalhas descartáveis e higienização cuidadosa dos espaços físicos internos e externos, distribuição de cartilhas, disponibilização de vídeos e material informativos, etc.

Aguardamos e agora seguimos, numa segunda fase, determinações de suspenção de aulas. Comunicamos na tarde deste 16 de março de 2020, por meio de nossas redes sociais que teríamos suspensas as aulas no período de 18 a 22 de março.

No início da noite deste mesmo dia 16/03 porém, tivemos conhecimento, de maneira informal, de uma liminar do TJT de MG dando conta de que as aulas deverão ser suspensas entre os dias 18 e 31 de março. Diante disto, faremos novo comunicado em redes sociais para atender estar determinação, tão logo entremos em contato com os órgãos competentes.

Um terceiro passo, o Colégio foi convocado para uma reunião na Secretaria Municipal de Saúde, amanhã, dia 17/03, para debate sobre estratégias a serem adotadas para prevenir o Covid19 em Formiga e com certeza iremos contribuir com o município, com MG e com o Brasil, unindo esforços para o enfrentamento de uma situação inédita e grave que se nos apresenta. Concordamos que as decisões mais assertivas sãos aquelas tomadas de forma responsável, colaborativa e com planejamento. Sabemos também que, quando todos se juntam, temos maior chances de vencer as dificuldades.

Atendendo às determinações de órgãos oficiais, suspendendo aulas, encaminhando as crianças e adolescentes para os seus pais neste momento crítico, como prevenção da saúde de todos, gostaríamos de enfatizar a todas as famílias que este período de suspenção de aulas, não se trata de período de recesso, folga, férias ou coisas do tipo. Alertamos para a necessidade de todos nós cooperarmos neste período para de fato não criarmos situações de contágio. Orientamos que a oportunidade de estarmos todos em casa, no espaço de nosso lar, deve ser encarado como forma de contribuirmos para o coletivo e não como uma situação de sacrifício. Não se trata de tempo para passeios, viagens, encontros, festas, parques, clubes… devemos com toda ênfase, evitar aglomerações. Cuidar com carinho e atenção dos nossos mais idosos, por se tratar do grupo de maior risco, sem esquecer que este vírus não respeita idade, cor, raça, limite geográfico. Devemos fazer a nossa parte, cuidando do particular para preservar o coletivo. Não precisa, mas é bom lembrar que o maior problema que os países acometidos pela pandemia e pela epidemia do coronavírus, está em conseguir atendimento hospitalar para milhares de infectados. Neste quesito, sabemos que teremos muitos problemas se não contermos a contaminação.

Algumas orientações práticas:

  1. Fiquem atentos às nossas comunicações nas redes sociais pois vamos entrar em contato.
  2. O Conselho Estadual de Educação já determinou que o calendário de reposição seja definido. Informaremos sobre isto oportunamente.
  3. Os professores irão encaminhar roteiros de estudos para que as crianças e adolescentes tenham atividades acadêmica em casa nestes primeiros dias. Criem espaços e horários para a rotina de estudos. Encaminharemos novos roteiros caso confirme a suspensão de aulas até o dia 31/03.
  4. As aulas on line e vídeo aulas estarão disponíveis no nosso portal para que todos possam continuar a sequência de estudos.

Estamos atentos, e sabemos da necessidade de todos ficarmos quietos em casa para minimizar esta situação. Vamos criar ambiente de aconchego e curtir nossa família, cuidar de nossas relações, pois com certeza teremos tempo para cultivar o vínculo e o amor dentro de nossas casas.

Que possamos nos unir para “blindar nossa família” até que esta tempestade passe e vá embora sem derrubar nenhum de nós.

Que Deus nos abençoe e proteja

Eliana Márcia Avelar Rodrigues
Diretora do Colégio Santa Teresinha